sexta-feira, 26 de novembro de 2010

O que você vai fazer dia 27?

O que você vai fazer dia 27? Ou melhor, o que você não vai fazer dia 27?

Porque muitas pessoas ao redor do mundo já decidiram o que não vão fazer nesse dia. Não vão comprar nada, fazendo a parte delas no “Dia Mundial Sem Compras”. Então eu vou te fazer um convite: se juntar a nós e experimentar o seu dia sem compras da melhor maneira possível.

Um dia sem compras pode não ser muito, e efetivamente, não teremos grandes resultados em termos de impacto ambiental deixando de consumir durante um dia, e voltando a girar a roda do consumo no dia seguinte. Então por que um dia sem compras? Um dia sem compras serve para, entre outras coisas, fazer valer uma postura no mundo. Dar uma breve sacudida na economia, lembrando-a de que no final das contas, ela ainda depende da gente, e que temos sim, algum poder sobre seu rumo.

Essa sacudida, esperamos, se fará sentir por todos aqueles que não acreditam que um dia, consumidores mais conscientes tenham o direito de influenciar nos desígnios bilionários da economia. Nós, com essa breve sacudida, mostraremos que com muita persistência, novos hábitos podem ganhar força e mudar coisas que até então, ninguém nunca diria ser possível mudar.

Essa mudança trilha o caminho de um bicho chamado sustentabilidade. E não podemos levar o “susto da sustentabilidade” quando ouvimos falar nisso. É possível passar um ou vários dias sem compras, e com um pouco de criatividade, readaptar nosso cotidiano, substituindo rotinas insustentáveis por outras, mais saudáveis, mais gostosas e prazerosas.

Passar um dia sem compras significa imaginar soluções fora do eixo do consumo como forma de inclusão social e entretenimento. Passar um dia sem compras significa encontrar os amigos em casa, pedir para cada um trazer o que tem de bom na dispensa e na geladeira e fazer um piquenique inusitado. Significa aproveitar a casa, cuidar do jardim, e sair para dar aquele passeio com nossos companheiros de quatro patas.

Falando em companhia, pode ser uma ótima oportunidade para dar mais atenção pras pessoas que atropelamos na correria do dia-dia, conversar, alegrar, confortar. Fazer um passeio de bicicleta, brincar com os filhos, fazer pão, ouvir bons cd’s, encher a casa de música...
E aí, já teve algumas ideias? O que você vai fazer dia 27?

10 comentários:

  1. Independentemente do impacto da iniciativa, que é de saudar, o mundo está a precisar, urgentemente, de novas atitudes e de um novo rumo. Oxalá essa iniciativa seja um bom augúrio para a mudança.

    Beijo :)

    ResponderExcluir
  2. Estamos juntos nessa AC!

    Um grande abraço!

    ResponderExcluir
  3. Eu procuro pensar num dia sem compras todos os dias, independente de ter ou não ter dinheiro para gastar. Meu conselho é que as pessoas gastem mais tempo pensando em como ajudar as outras pessoas e o mundo e pense menos no que deveria ou vão comprar daqui a algumas horas.

    Atualmente sinto agonia em ver as pessoas falando em compras o tempo todo.

    Para ser feliz não precisamos comprar, comprar e comprar, precisamos só viver...

    Parabéns pela matéria,

    Abraços
    Apoena

    ResponderExcluir
  4. Obrigada Apoena, mais um que se junta a essa grande causa...que vai ficar ainda maior =)

    E parabéns pelas inciativas no Zona de Equilíbrio!

    http://www.zonadeequilibrio.com.br/

    ResponderExcluir
  5. O amigo Apoena indicou este seu espaço e vim conferir.

    Quero parabenizá-la pela iniciativa da campanha e a boa postagem sobre o tema.
    No meu blogue, também abordei um tema similar sobre Consumismo Infantil.

    Vamos fazendo a nossa parte e conscientizando mais e mais pessoas...

    A você, Caroline, meu afetuoso abraço,
    Yolanda

    ResponderExcluir
  6. Oi Yolanda!

    É isso ai, vamos dar força para essa grande rede de conscientização =)

    Você já deve ter visto aquele filme "criança, a alma do negócio" não? vale muita a pena! segue o link: http://www.youtube.com/watch?v=rW-ii0Qh9JQ

    Obrigada pela visita e um abraço!

    ResponderExcluir
  7. Mudanças nos hábitos de consumo são realmente importantes, pois é fabricado apenas o que será consumido. No fundo o consumidor manda, apesar de sempre querer se isentar da responsabilidade. Ok que eu sou suspeito pra falar disso, já que no dia 27 eu não apenas consumi como fui trabalhar. hehehehe
    Bem gosto de ler o post, parece coluna descolada de revista. :)
    Bjus

    ResponderExcluir
  8. essa é a grande sacada...o consumidor manda.
    Por mais que sejamos em parte manipulados, só nos manipulam com base no que nós já queremos...


    Obrigada Luis! =))

    ResponderExcluir
  9. Oi Caroline! Tem um selinho de qualidade para você lá no meu blog! Passa por lá depois!

    Ou quero ler mais matérias suas.... cadê...dia 27 já tem uma semana, rsrs

    Abraços Apoena

    ResponderExcluir
  10. Oi Caroline, estamos sentindo sua falta aqui no seu blogue. Queremos mais matérias....

    Abraços
    Apoena

    ResponderExcluir